UM PEQUENO GESTO PARA CHAMAR GRANDES COISAS

outubro 03, 2016

Se você pegar qualquer site sobre signos vai estar escrito lá que touro gosta de estabilidade e se você for em gêmeos vai estar escrito que eles são bastante indecisos, agora imagina alguém que tem o Sol em touro e o ascendente em gêmeos. Bom, essa é a minha vida.


Como eu sempre falo - e eu estou começando a achar que eu falo muitas vezes a mesma coisa sobre a minha vida -, eu já tive vários lugares onde eu me sentia livre para me expressar e, ao mesmo tempo, lugar nenhum. Quando eu comecei esse blog, lá em 2013 com outro nome, eu tinha um sentimento que dessa vez eu estava no caminho certo. Eu tentei não colocar nenhum tipo de pressão em cima de mim para o futuro desse pequeno espaço nessa internet sem limites, eu postava quando eu queria e falava sobre o que eu estava com vontade de falar apenas para mim mesmo e quem quiser entrar.

Esse ano mesmo, eu troquei o nome do blog no meio de uma das várias mudanças que tive. O nome me caiu bem e eu gostei dele assim que fiz a arte do canal; algo que me fez ter um bom pressentimento. Foi um clique que eu tava esperando faz muito tempo, um pequeno sinal e um sorriso toda vez que eu postava alguma coisa, um apertinho no coração toda vez que uma ideia nova surgia para fazer o blog continuar andando.

Depois do meio do ano, todos os anos, eu fico um pouco triste, porque chega aquela sensação de que o ano está acabando e nada do que eu queria foi feito - mesmo que este ano foi, de longe, o ano mais produtivo da minha vida. Eu me desanimo para qualquer coisa: projetos foram parados, livros não foram lidos, seriados foram deixado de lado e o blog fica na lista de coisas que eu tenho para pensar. Eu sempre me pego nesse dilema de continuar ou não com esse lugar, mas eu sei que eu não vou conseguir ficar muito tempo longe e logo logo estou criando outro espaço para me expressar - porque o Twitter ainda bem é só 140 caracteres.

Este blog, especialmente, me trouxe várias coisas maravilhosas. Me trouxe amizades, confiança, pessoas, inspirações. Acabar com ele não está nos planos não importa o quanto eu fique desanimada por um período. Eu queria fazer algo para me animar e continuar a fazer algo além de me trancar no quarto assistindo seriado ou focando na faculdade - porque sabemos que nenhum desses dois sozinho é muito saudável.

Eu sempre tive esse plano de ter um espaço "oficial" para me sentir livre e receber quem quiser ler o que eu tenho. Pode ser bobo dizer que agora o site tem um domínio próprio, mas tudo parece, para mim, diferente e parece especial, como se agora as coisas pudessem ir para uma direção boa. É um gesto simples que eu encontrei de dar um novo começo de uma fase; é uma mudança mas nem tanto; e o melhor momento para fazer isso foi em outubro, um mês antes do NaNoWriMo e do mês que o blog faz 3 anos.

Não vai ter grandes mudanças aqui. Eu ainda vou postar contos e crônicas quando a minha mente não estiver cheia de trabalhos acadêmicos; eu vou fazer cada vez mais listas sobre filmes e, quem sabe, falar sobre os seriados que eu estou maratonando. Quero tentar voltar a ler livros e falar deles. O plano para 2017 é viajar e quero registrar isso aqui e qualquer outra novidade que pode chegar. Nada vai mudar aqui agora, mas eu espero que esse novo passo traga grandes coisas. Como deu pra ver, é meu lado taurino dizendo que não vai mudar nada, mas meu lado geminiano dizendo que talvez possa mudar tudo.

Esse daqui é um olá oficial para todas essas coisas boas que já aconteceram, estão acontecendo e vão acontecer. É o momento em que eu digo pro universo que pode vir que eu vou - tentar - estar preparada para o que chegar e, claro, pegar esses momentos emprestados para criar plots e personagens e novas vidas. Olá, bem-vindos ao com a sua licença poética.

*

Enquanto o blog esteve fora do ar, eu publiquei um conto novo chamado "18". Ele é um conto de três atos e em segunda pessoa, que eu sempre achei um pouco difícil de escrever, mas tem um tom maravilhoso. Ele foi inspirado em três músicas de EXES, "18", "Like You" e "Twentythousand".

Em julho, a Tertúlia nasceu e cresceu. Nós tivemos dois ciclos já e eu tive duas cartas publicadas, que foram muito especiais para mim: um sobre escrita e um sobre amizade. É um projeto lindinho entre sete amigas que eu amo muito fazer parte.

Como eu disse, novembro é mês de NaNoWriMo e teremos os posts sobre diário de escrita. No próximo post, eu vou falar mais do projeto que vou escrever esse ano e como estou mais perdida e desesperada que nunca.

0 comentários

POSTAGENS POPULARES

SIGA NO TWITTER