Talvez a Pior Coisa que Eu Fiz

agosto 07, 2014

Olá! Olha só quem resolveu aparecer! Aleluia! Ok, parei...
Eu estava meio ausente essa semana por causa das provas na escola (do nada, a escola resolver ser trimestral e aí algumas provas tiveram que ser feitas depois das férias... pois é), mas agora estou de volta e... não faço a menor ideia do que postar.
Nesse tempo de procrastinação aqui e em toda a minha vida nessa semana, eu fiz o pode ser a maior besteira da minha vida: eu ativei o meu Tumblr de novo. Eu sempre tive o Tumblr, onde colocava frases, textos, que não queria divulgar aqui, mas eu não seguia ninguém, era o meu espaço anônimo e particular. Então, eu resolvi voltar ao modelo antigo de Tumblr que eu tinha em 2009/2010/2011 (que foi quando eu exclui) e segui alguns Tumblrs novos e etc.

Por que é tão ruim assim?
Naquela época, eu criei a conta e quase ninguém tinha a rede social. Quando ficou, finalmente, popular, começou a onda deprê lá e isso piorou ainda mais a minha condição psicológica que já não estava nada bem. Eu usava a rede como um lugar onde eu conseguia desabafar sobre tudo, assim como o meu antigo Twitter, mas a coisa começou a desandar muito.
O Tumblr começou a virar um lugar onde pessoas com problemas (ou "problemas") iam para ter um lugar, esse é o meu ver; mas começou a meio que sair do controle. Isso eu falo sobre o meu circulo de seguidores e seguidos que eu tinha na época, que era, para mim, os Tumblrs populares. Ficou popular pessoas que faziam coisas ruins para elas mesmas e pessoas incentivando aquela mutilação para ficarem mais populares ainda.
Com tudo o que estava acontecendo na minha vida naquela época, tudo aquilo começou a me afetar muito e chegou em um ponto de limite. Eu resolvi sair da rede social no meu período de desintoxicação e ter certeza de que não teria mais nada a ver com aquele universo, apesar de todo o meu carinho pelas minhas frases e textos.
Eu voltei com a rede no ano passado, depois de muito pensar e ver que o Tumblr não era mais tão popular assim. Afinal, aqueles adolescentes agora estavam até mais velhos que eu (eu tinha treze para quatorze anos). Mas eu decidi ficar na minha e partilhar meus textos somente, não iria seguir ninguém. Isso até semana passada, quando eu atualizei e comecei a seguir outras pessoas.
Eu tenho muito receio com o Tumblr, porque envolve uma parte da minha vida em que eu prefiro nunca lembrar ou passar por isso novamente, mas, ao mesmo tempo, eu gosto de ter um lugar para se expressar. Podemos fazer isso no Twitter ou no Facebook, porém acho que o Tumblr é o único lugar onde não vamos ter tanto mimimi quanto nessas outras redes.
Além disso, o Tumblr é o lar mundial dos procrastinadores! Você pode falar "vou ligar o computador para escrever", mas você vai entrar no Tumblr e ficar lá até dar meia-noite e lembrar que tem que acordar às seis da manhã no outro dia. Ele consegue vencer o Twitter na categoria distração.

Esse texto era apenas para falar da minha volta ao Tumblr e minha libertação das provas na escola e que eu vou voltar a postar aqui com alguma frequência que eu ainda não sei, porque talvez estarei muito ocupada procrastinando no Tumblr. Se você quiser ver minha procrastinação, fique a vontade (aqui).

1 comentários

  1. Eu te entendo, eu entro no Tumblr uma vez por mês. Essa visita dura dois dias.

    ResponderExcluir

POSTAGENS POPULARES

SIGA NO TWITTER