Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho

julho 12, 2014

Em 2010, foi estreado um curta chamado Eu Não Quero Voltar Sozinho, que ganhou vários prêmios nacionais e internacionais. Em 2012 foi anunciado que iria ser feito o longa metragem da história, que foi lançado este ano no nome de Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho.
O curta ganhou prêmios em grandes festivais como o de Paulínia e o Festival de Monterrey. Já o filme foi estreado no Festival de Berlim.
A história fala sobre a vida de Leonardo, um garoto de quinze anos que é cego. Ele lida com toda essa superproteção dos pais e com o bullying que ocorre na escola, porém ele tem a ajuda da sua melhor amiga Giovana. Tudo muda quando Gabriel chega na escola e faz amizade com a dupla.
No curta, a história já é bem apaixonante e no longa podemos ver mais envolvimento entre os personagens. O filme vai mostrar o relacionamento entre Leo e Gabriel, mostrando uma fase de descobrimentos na adolescência. Sim, isso pode parecer um pouco clichê hoje em dia, mas o filme lida com isso de uma forma não polêmica como vemos.
Leonardo tem que lutar contra essas duas coisas: os pais que o aparentemente não deseja que ele seja mais independente e essa nova paixão por outro menino. O filme também mostra a questão da amizade quando Giovana se sente de lado com a aproximação de Leonardo e Gabriel.

Eu assisti o curta meses antes do filme ser lançado, estava ocorrendo uma master divulgação na internet e eu me apaixonei pela história na hora. Filmes nacionais são difíceis de agradar a população e quando um chama a atenção é realmente muito bom, já estava na hora de alguém fazer um filme sobre coisas que importam, sobre assuntos que mexem com a gente e que ao mesmo tempo é inédito.
Os atores são os mesmos tanto no curta quanto no filme, porém, devido a produção, no filme foram acrescentados mais personagens. A história dos dois é o mesmo sendo que no filme é aprofundado todo o curta deixando os telespectadores envolvidos.
É um filme que valia muito a pena assistir no cinema e, infelizmente, não consegui ver. Mas assistir em casa foi a única solução e posso me contentar assim. Muitos (ou poucos) sabem que eu realmente gosto de histórias assim, que envolvam, que são sobre assuntos reais e que possam acontecer a qualquer momento com qualquer um, tópicos que fazem a gente pensar na vida.
Não, o filme não é tão dramático assim, mas é sobre um assunto real, é sobre crescer e aprender sobre a si mesmo. É um filme simples, com certeza, e isso que o faz especial e ser tão reconhecido assim. Às vezes não precisamos de uma superprodução, apenas um roteiro que valha a pena... e isso Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho tem de sobra.

O curta está disponível no canal oficial do filme:


E o trailer do filme está aqui:

0 comentários

POSTAGENS POPULARES

SIGA NO TWITTER