3 autoras nacionais que você devia conhecer

dezembro 18, 2013

Eu estava passando pelo blog da Pâm, Garota It, e ela fez uma lista de autores que ela conheceu esse ano. Gostei muito e quis fazer aqui também, porém eu já "conhecia" a maioria e não ia sobrar muito para comentar aqui, então vou fazer de um jeito diferente.
Minha promessa literária de 2013 era ler mais livros nacionais, porque eu sempre meio que negligenciei a nossa literatura (como a maioria) e um dia pensei "como posso julgar tanto a nossa literatura se eu nunca li um livro nacional e os que eu li foi da escola (meio que forçada)?". Conclusão: eu estava muito errada sobre os nossos livros!
Esse ano li poucos, mas o suficiente para quem está começando a interagir, livros nacionais e separei três autoras que acho que todo mundo devia ler e que eu gostei bastante.

1. Paula Pimenta

Eu conhecia o trabalho da Paula Pimenta há alguns anos, mas nunca havia realmente lido um livro dela. Eu apenas li o primeiro livro da série Fazendo Meu Filme, mas achei super lindo e espero poder ler o resto da série ainda em 2014.
A Paula é escritora infanto-juvenil e muita gente mais velha acha que esse tipo de leitura é literalmente apenas para crianças (13 anos para mim ainda é criança). Discordo totalmente desse tipo de afirmação. Os livros infanto-juvenis são apropriados para qualquer idade, porém eles tem uma espécie de inocência que eu particularmente adoro, principalmente para fugir dos livros com o mesmo assunto.
Paula Pimenta é sim uma das autoras que espero conhecer melhor, seja seus livros e ela em pessoa (Bienal me ajude!), e acho que todos, independentemente da idade, devem ler algum dia.

2. Larissa Siriani
Eu sou meio suspeita em falar da Larissa, porque eu a admiro tanto e a acompanho há alguns anos que vou dar uma de tiete agora. Ela é a prova viva de que você pode sim conseguir tudo o que você quiser, apenas ter determinação e fé.
Estava um pouco aflita em começar a ler o Bruxas de Oxford, primeiro livro da trilogia O Coração da Magia, porque já li alguns livros de bruxas e não me dei muito bem com o assunto. Vamos lá, com fé e força vamos conseguir ler esse livro... quando estava toda animada com a história e todos aqueles feels e fangirling: o livro acaba.
Eu fiquei uns dois dias de depressão literária! Simplesmente uma escrita que prende o leitor e personagens que dá vontade de entrar na história e conhecer pessoalmente. Agora estou aqui esperando o segundo livro da trilogia e o terceiro e ansiosa por todos aqueles feelings de novo.
Mas como eu disse que sou meio suspeita, acho que você deve ir lá e comprar e ler e depois comprar para os amigos e família e espalhar pelo universo que o Sam Goyle existe *fangirling*

3. Clarice Lispector
Clarice é uma das leituras obrigatórias no Ensino Médio na maioria da escola, ela também já esteve na lista dos vestibulares. Você conhece a Clarice a partir de textos e frases na internet (principalmente no Tumblr), porém conforme a popularização dessas frases foi ficando muito chato e muitas frases nem eram dela.
Sempre tive muita curiosidade de saber mais da vida dela e seus livros, mas eu sempre adiava essa leitura. Então como a escola mandou ler, eu pensei "agora vai" e posso dizer que não é aquele tipo de leitura fácil e a Clarice tem sim sua singularidade.
Gosto de livros que nos fazem pensar com mais profundidade sobre alguns aspectos da vida e momentos, acho que todos livros tem essa função porém alguns com mais intensidade. E esse é a característica da Clarice. Não é qualquer um que gosta da sua escrita, mas acho que todos deviam ler e realmente conhecer essa escritora que ficou tão popular nas redes sociais de repente.

BÔNUS!!
Eu já falei das escritoras que eu li em 2013 e acho justo colocar algumas que eu quero ler em 2014. Não será uma promessa, porque nesse ano vou ficar depende da biblioteca, trocas e empréstimos.

1. Babi Dewet
A Babi também está na lista de pessoas que "faz séculos que quero ler". Seu livro sempre me chama atenção na livraria e na internet, mas nunca consegui comprar. Ela já lançou o segundo livro da série Sábado à Noite e espero muito conseguir ler antes de ter uma continuação (sou a favor de um box após do lançamento de todos os livros).

2. Carolina Munhóz
Eu tive uma oportunidade única de ver a Carolina na última Bienal de São Paulo, mas eu perdi (brigo comigo até hoje por causa disso). Esse ano fiquei mais interessada no trabalho dela, que conheci melhor através do Raphael Draccon (marido dela, são dois fofos).

3. Marina Carvalho
Simplesmente Ana, livro da autora, foi uma das revelações de 2013, acho. Todo mundo começou a falar desse livro e como era incrível a narrativa. Fiquei com muita curiosidade de ler e tirar minhas próprias conclusões (momento julgando pela capa: se o livro for tão maravilhoso quanto a capa, eu já amei).

0 comentários

POSTAGENS POPULARES

SIGA NO TWITTER