Birdy

novembro 23, 2013

Apesar do nome, não vamos falar apenas de livros e sim de tudo o que há de bom no mundo (tipo as Meninas Super Poderosas). Hoje vamos falar de: música! Sim, porque é a minha segunda coisa favorita; não consigo fazer nada se não tiver música.
Já tentei definir meu estilo musical, mas não consigo. Posso falar que sou pop, mas qualquer dia vai me ver cantando rock ou falar que gosto de folk e me ver cantando uma música com estilo indefinido; então o que eu posso dizer é que tenho meus momentos.
Entre todos esses estilos o que eu mais escuto é folk, indie e tudo aquilo que é mais calminho e não convencional. Esse tipo de música é o melhor para escrever e entrar mesmo no mundo da inspiração. Nesse estilo ninguém melhor para apresentar senão Birdy.


Seu nome de batismo é Jasmine van den Bogaerde e recebeu Birdy como apelido de seus pais desde pequena. Ela tem apenas 17 anos e sua influência vem de sua mãe que era pianista.
Aos 12 anos, ganhou a competição Open Mic UK. Já naquela época todo mundo da indústria musical queria ter Birdy como sua nova artista. Então em 2011 ela vez o cover de Skinny Love, de Bon Iver, e virou seu grande sucesso ficando nas paradas dos rádios no Reino Unido.
Seu primeiro álbum, Birdy, foi lançado no final de 2011. Em 2012, fez a trilha sonora para The Hunger Games e fez participação na música de Mumford & Sons para a trilha sonora de Brave.
Em setembro deste ano, Birdy lançou seu segundo álbum, Fire Within, lançando singles como Wings e Light Me Up.




0 comentários

POSTAGENS POPULARES

SIGA NO TWITTER